Quantas vidas em uma vida?

Eu quero não criar expectativas, não esperar de você o que nem eu poderia oferecer ou fazer.

Eu não esperava que você fosse surgir na minha vida, ou voltar. Não sei como pude ser ingênua e imaginar que tudo já estava em seu lugar, que a vida estava certa e uma base sólida estava formada. As coisas sempre mudam de lugar e a dinâmica da coisa é assim, pouquíssimas são as constantes.

Quando ouvir que talvez não seja nessa vida ainda, mas você ainda vai ser a minha vida, saiba que isso pode acontecer amanhã ou nunca mais: eu já tive tantas vidas em meus vinte e poucos, não sei quando essa termina e outra começa, nem se outra vai chegar ou se outro alguém virá.

Apenas quero que tudo dê certo, mas não me permito acreditar que algo de bom seja o certo.

E como que fique a nota mental: nossos piores momentos são aqueles em que achamos que está tudo certo.

Deixe uma resposta