Por que fazer psicoterapia?

(Antes de ler, saiba que escrevo sobre a minha experiência com a doença. Compartilho minha vivência buscando auxiliar pessoas a compreender e lidar melhor com a Depressão, portanto, nada aqui é simplesmente aplicável a outros casos da doença. Todo indivíduo é único e a sua depressão também.) Não é novidade para ninguém que eu faço…

Continue lendo

o meu 2015 (sobre evolução)

(Antes de ler, saiba que escrevo sobre a minha experiência com a doença. Compartilho minha vivência buscando auxiliar pessoas a compreender e lidar melhor com a Depressão, portanto, nada aqui é simplesmente aplicável a outros casos da doença. Todo indivíduo é único e a sua depressão também.) Escolhi essa imagem como capa para o meu…

Continue lendo

Afinal de contas, quem sou eu?

Bem, como me disseram: eu posso começar outra faculdade, outro curso ou o mesmo, ter outro emprego, ou um parecido, mas eu só tenho esse corpo, e até onde tenho certeza essa vida aqui, então eu tenho que cuidar dela ou no mínimo, fazer dela a melhor.

Continue lendo

o Convívio (Parte II)

Há algum tempo uma amiga foi diagnosticada com depressão e eu não fazia a menor ideia do porquê, e pior de como agir com ela. Acredito que essa é a primeira sensação de todo mundo. E por isso resolvi dar sequência no assunto.

Continue lendo

O medo e as crises

O medo traz dor. O medo paralisa. O medo me retrocede. Meus pensamentos tornam-se primitivos. Eu tenho medo de tudo: de mim, de sair na rua, de morrer, de me matar, de qualquer barulho incomum, do mundo.

Continue lendo

o Convívio

Se você convive com alguém que tem depressão saiba que é comum não saber como agir.

Eu sei e percebo muitas vezes que as pessoas mais próximas e mais acostumadas com a minha doença não sabem lidar, não compreendem muito bem algumas crises, alguns medos que eu tenho e isso é comum.

Continue lendo