• Arquivo
  • Para não esquecer,

    eu queria tanto você. Mas era tanto, tanto e com todas as minhas forças e vontades que eu esqueci das outras coisas que também devia querer: eu mesma, uma profissão, uma carreira, amigos, diversão, uma vida. Mas eu estava perdendo tempo querendo só você, como se eu fosse ‘ser você’ também. E eu espero que […]

  • Arquivo
  • Não existe explicação.

    existe muita coisa que a gente não sabe, outras tantas das quais não temos certeza. Ela também não sabe de tudo, não tem tantas certezas como parece e também tem feito muita coisa ‘no escuro’. E aí, e você? Porque você insiste em esperar por tanta coisa que nem sabe se pode acontecer? Porque você […]

  • Arquivo
  • nonsense.

    Não, nunca fui de fazer sentido nenhum! Sou bem daquele tipo que uma hora quer, na seguinte não quer e depois fica brava porque não fez. Haha! É tipo, “fazer amigos” o que eu nunca fiz exatamente bem, porque ou eu me dou bem ou fico quieta e calada, rs. Tem pessoas com as quais […]

  • Arquivo
  • Histórias,

    Tudo. Talvez agora não seja nada, é tão estranho pensar no que já vivi, não falo das experiências ruins ou divertidas com amigos, família, carreira ou sozinha; mas dos relacionamentos que tive. As promessas, as juras, os desejos e planos, tão, platônicos. Não minto, vivi muito mais do que eles. Sempre fui o tipo de […]

  • Arquivo
  • # Meu Para Sempre

    Agradeço pelo apoio já recebido, pelos elogios feitos ao meu novo hobby *-* Mas, vou aproveitar para esclarecer que não encerrarei minhas atividades no Goiabasays. Meu novo blog, o Meu Para Sempre é um blog com textos que constroem uma história, são mais livres do que outros projetos meus, do que outras histórias que eu até […]

  • Arquivo
  • rascunho

    “Sim, sei que isso pode ser meio estranho, um pouco artificial, falso, é, pois é, sei que isso não parece nada bom, não parece inteligente, humando, nem amável. Mas tente entender – assim como eu ainda tento – que é o que eu preciso. Passei dezoito anos aqui, me senti alegre por muitas vezes, por […]