Tempo

“Eu não tenho tempo”
Eu não sei quanto tempo tenho, eu nem sei se vou terminar de te escrever essas palavras e se eu terminar, não sei se terei tempo para daqui há anos retirar esse diário de uma caixa, um baú, um armário para ler. E isso não me preocupa.
Ando com muitas preocupações, muitas decisões e escolhas a fazer, mas o tempo é o que menos me preocupa.
Vou ficar velha, vou mudar. Vou mudar de ideia, vou mudar de forma, até a minha letra mudou até aqui, – e ninguém sabe tão bem disso quanto você, não é? – e isso é inevitável. E eu não tenho porque evitar. Até porque não tem nada melhor/pior do que o tempo mesmo.
Pra mim ele nunca foi, nem será um remédio porque quem muda sou eu e ele, só passa.
E o que me importa é que ele não pare.
E porque estou filosofando sobre às tantas da manhã?
Porque ao chegar em casa depois de uma noite em família num restaurante legal aqui perto, um novo japonês, meu pai me disse que eu não estou escolhendo nada pra minha vida, eu estou escolhendo algo pra mim, o que eu quero fazer agora, e que não vou viver disso pra sempre, a gente não dura pra sempre, filha, e ninguém sabe por quanto tempo o pra sempre dura, o que importa é que você faça o seu para sempre, do seu jeito e de uma forma que te faça feliz.

5 comentários

  1. Com certeza !

    beijo, beijo!

  2. Pra mim, você é abençoada em viver sem essa preocupação.
    Não é algo que faça evoluir, acho que faz parte da minha imensa/eterna indecisão e em nada ajuda.

    beijo, beijo!

  3. Nossa, seu pai deve ser um super pai mesmo (pra dizer essas coisas). Eu só concordo: a gente tem que fazer algo que nos faça bem, e que nos dê prazer. Mas, sabe, às vezes, o faça o que você gosta nem sempre dá certo. Eu, por exemplo, fiz algo que gostava porque apreciava na minha época de colégio. Me formei, fui trabalhar na área e só me desapontei…Mas, enfim, acaba sendo o que teu pai falou: faz o que te faz bem agora.

  4. oi Je

    tudo debaixo do tempo de Deus, pois tudo está no controle dele.

    bjokas =)

  5. Tenho medo do tempo me obrigar a terminar de um jeito que eu não escolhi, de um jeito que eu não planejei. Não sei lidar com escolhas do momento, imagina decidir o que vou fazer pelo resto da minha vida? É uma pena que eu não consiga me preocupar tão pouco com o tempo como você 🙁

    86Diamonds

Deixe uma resposta